Pernas

Dicas e Mais Informações Sobre Extensão de Pernas!

cadeira flexora

Execução
1 – Sente-se no aparelho e coloque os pés por baixo dos rolos.
2 – Levante as pernas para cima, até que os joelhos estejam estendidos.
3 – Abaixe as pernas de volta à posição inicial, com os joelhos dobrados em 90 graus.

Músculos envolvidos
Primário: Quadríceps
Secundário: Tibial anterior

Enfoque anatômico

cadeira-flexoraPosição dos pés: Se os dedos estiverem apontando diretamente para cima (a), você mobilizará igualmente todas as seções do quadríceps. Se os dedos estiverem apontando para dentro (b), ocorrerá rotação interna da tíbia, para mobilizar o quadríceps interno ou “músculo em gota” (vasto medial). Se os dedos estiverem apontando para fora (c), ocorrerá rotação externa da tíbia, para mobilizar o quadríceps externo (vasto lateral).

cadeira-flexora-2-malhando-certoEspaçamento dos pés: Não há muito espaço nos rolos para ajuste do espaçamento dos pés, mas a colocação dos pés juntos tenderá a mobilizar o quadríceps externo e um espaçamento maior enfatizará um pouco mais o quadríceps interno,

Posição do corpo: Ajuste o encosto de modo que a parte posterior do joelho se acomode confortavelmente contra a borda do assento, fazendo com que a coxa toda fique apoiada. A inclinação do torso para trás ou a elevação das nádegas para fora do assento estenderá a articulação do quadril, alongando o reto femoral; dessa forma, essa seção do quadríceps trabalhará mais puxado durante o exercício.

Amplitude de movimento: O arco de movimento deve ser de aproximadamente 90 graus. Contraia vigorosamente o quadríceps na parte alta, quando os joelhos estiverem completamente esticados. Para evitar excessiva tensão na patela (rótula), não dobre os joelhos além dos 90 graus.

Resistência: A resistência é razoavelmente uniforme, mas em muitos dos aparelhos modernos a resistência aumenta ligeiramente com o levantamento do peso. Menos resistência na posição inicial minimizará a tensão através da patela, com o joelho na posição dobrada.

Variação
Extensão com uma perna: A execução desse exercício com uma perna de cada vez melhora o enfoque. A extensão unilateral da perna é exercício particularmente útil para melhorar a assimetria das coxas ou ajudar na reabilitação quando uma das pernas sofreu lesão.

Imagens e explicações retiradas do livro Boydbuilding Anatomy, de Nick Evans.

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: %Média%]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

2 comentários

  • Este sitio web es realmente un paseo a través de toda la información que quería sobre este este tema tan aditivo y no sabía a quién preguntar .

  • […] pode acontecer com o treino. Infelizmente não são muitos os exercícios que isolam o sóleo ou os Flexores, contudo você pode fazer exercícios com ambas as pernas ou uma de cada vez. Em contra partida, […]

Deixe um comentário