Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Alan Costa

Paralisia Cerebral – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Paralisia Cerebral – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos desta condição. Além disso, a Paralisia Cerebral é um conjunto de desordens permanentes que afetam o movimento e postura. A Paralisia Cerebral refere-se a um grupo de distúrbios que afetam o movimento e coordenação muscular. Em muitos casos, visão, audição e sensação também são afetados. A palavra “cerebral” significa está relacionada ao cérebro.

Paralisia CerebralA palavra “paralisia” significa fraqueza ou problemas com o movimento do corpo. A Paralisia Cerebral é a causa mais comum de deficiência motora na infância, afetando aproximadamente 2 a 3 de cada 1.000 crianças. O desenvolvimento anormal do cérebro ou lesão no cérebro em desenvolvimento pode causar Paralisia Cerebral O dano afeta a parte do cérebro que controla o movimento, a coordenação e a postura do corpo.

Pode ocorrer antes do nascimento, durante o nascimento ou pouco depois do nascimento. A maioria das crianças nasce com Paralisia Cerebral, mas pode não apresentar sintomas de distúrbio até meses ou anos depois. Os sintomas geralmente aparecem antes que uma criança atinja a idade de 3 ou 4.

Causas da Paralisia Cerebral: A Paralisia Cerebral é causada por uma anormalidade no desenvolvimento do cérebro ou pelo dano ao cérebro em desenvolvimento. O dano cerebral geralmente ocorre antes do nascimento, mas também pode ocorrer durante o nascimento ou os primeiros anos de vida. Na maioria dos casos, a causa exata da CP não é conhecida. Algumas das possíveis causas incluem:

  • Falta de oxigênio para o cérebro durante o parto e parto;
  • Icterícia grave na criança;
  • Infecções maternas, como o sarampo alemão e o herpes simplex;
  • Infecções cerebrais, como encefalite e meningite;
  • Sangue no cérebro;
  • Lesões na cabeça como resultado de um acidente de carro, uma queda ou abuso infantil.

Sintomas da Paralisia Cerebral: Os sintomas da Paralisia Cerebral variam de leve a grave. Eles também variam dependendo da parte do cérebro que foi afetada. Alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Atrasos em atingir os marcos das habilidades motoras, como rolar, sentar-se sozinho ou rastejar;
  • Atrasos no desenvolvimento do discurso e dificuldade em falar;
  • Músculos rígidos;
  • Tônus muscular anormal;
  • Falta de coordenação muscular;
  • Tremores ou movimentos involuntários;
  • Baba excessiva e problemas com a deglutição;
  • Dificuldade em andar;
  • Favorecer um lado do corpo, como cumprimentar de uma só mão;
  • Problemas neurológicos, como convulsões, deficiências intelectuais e cegueira.

Ligue imediatamente ao seu médico se suspeitar que seu filho tenha Paralisia Cerebral. O diagnóstico precoce e o tratamento são muito importantes.

Diagnósticos da Paralisia Cerebral:  O diagnóstico da Paralisia Cerebral pode ser feito através de uma completa avaliação médica, realizando um exame físico que inclui um exame neurológico detalhado e avaliando os sintomas. Testes adicionais podem incluir:

  • Eletroencefalograma é usado para avaliar a atividade elétrica no cérebro. Pode ser encomendado quando alguém está a mostrar sinais de epilepsia, que causa convulsões.
  • Varredura de ressonância magnética usa ímãs poderosos e ondas de rádio para produzir imagens detalhadas do cérebro. Pode identificar quaisquer anormalidades ou lesões no cérebro.
  • Tomografia computadorizada cria imagens claras e transversais do cérebro. Também pode revelar qualquer dano cerebral.
  • Amostra de sangue pode ser tomada e testada para excluir outras condições possíveis, como distúrbios hemorrágicos.

Se seu médico confirmar que você tem Paralisia Cerebral, eles podem encaminhá-lo para um especialista que pode testar problemas neurológicos que são freqüentemente associados à doença. Esses testes podem detectar:

  • Perda de visão;
  • Surdez;
  • Atrasos de fala;
  • Dificuldades intelectuais;
  • distúrbios do movimento.

Fatores de Risco da Paralisia Cerebral: Alguns fatores de risco da Paralisia Cerebral colocam os bebês nessa listra de principais afetados, os principais fatores de risco incluem:

  • Nascimento prematuro;
  • Baixo peso de nascimento;
  • Ser um gêmeo ou um tríplice;
  • Adquirir a Paralisia Cerebral no Nascimento, que ocorre quando a nádega ou os pés do seu bebê saem primeiro.

Sintomas da Paralisia CerebralTratamentos Para Paralisia Cerebral: O Tratamento para Paralisia Cerebral deve ser realizado por diversos profissionais especializados na área da saúde cerebral, e outros. Sendo parte do grupo de especialistas, médicos, dentistas, enfermeiros, fisioterapeutas, entre outros profissionais.

Um dos tratamentos possíveis para Paralisia Cerebral é a fisioterapia visto que esta ajuda na melhora postural da criança, no tônus muscular e na função respiratória e geralmente ajudam no quadro geral

O tratamento farmacológico para Paralisia Cerebral é basicamente feito por medicamentos anticonvulsivantes, medicamentos para controle de distúrbios afetivos e controle da agitação decorrente da deficiência mental. Não existe cura para a Paralisia Cerebral, porém o tratamento com fisioterapia em conjunto com os medicamentos podem melhorar o quadro e sintomas da paralisia.

Sobre o autor | Website

Sou Formado em Nutrição e Educação Física. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2000, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

3 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.