Dicas de Saúde

Os 7 Sintomas da Psoríase no Couro Cabeludo!

psoriase

Os Sintomas da Psoríase no Couro Cabeludo que não devemos ignorar. Alem disso, a psoríase é uma doença de pele bastante comum, que se caracteriza por lesões avermelhadas e descamativas, normalmente em placas. Essas placas aparecem com maior frequência no couro cabeludo, cotovelos e joelhos, mas pés, mãos, unhas e a região genital também podem ser afetados. A extensão da psoríase varia de pequenas lesões localizadas até o comprometimento de toda a pele.

Os 7 Sintomas da Psoríase no Couro CabeludoA psoríase é uma doença crônica, autoimune ou seja, em que o organismo ataca ele mesmo – não contagiosa e que pode ser recorrente. Ela tem gravidade variável, podendo apresentar desde formas leves e facilmente tratáveis até casos muito extensos, que levam à incapacidade física, acometendo também as articulações.

Não se sabe a causa exata da psoríase. O que se acredita é que em nosso sistema imunológico existe uma célula conhecida como célula T, que percorre todo o corpo humano em busca de elementos estranhos, como vírus e bactérias, com o intuito de combatê-los.

Isso costuma trazer várias consequências, como a dilatação de vasos sanguíneos e o aumento no número de glóbulos brancos, que avançam para camadas mais externas da pele de forma muito rápida, provocando lesões avermelhadas.

Trata-se de um ciclo ininterrupto, que só tem fim com o tratamento adequado. No entanto, somente 2% a 3% de fato desenvolvem a doença. Alguns fatores que podem desencadear em psoríase, são. Sintomas da psoríase no couro cabeludo geralmente incluem os seguintes: Então, confira Os 7 Sintomas da Psoríase no Couro Cabeludo.

  • Lesões avermelhadas na pele, cobertas com uma camada branco prateada e descamativa;
  • Pequenas manchas vermelhas;
  • Pele seca, com facilidade para sangramentos;
  • Unhas espessas e esfareladas, amareladas, descoladas e com furinhos na superfície;
  • Inchaço nas articulações;
  • Articulações rígidas e doloridas;
  • Placas e descamações no couro cabeludo, cotovelos e joelhos;

Para tratar a psoríase no couro cabeludo o dermatologista pode recomendar o uso de cremes, pomadas ou comprimidos para diminuir a coceira e a aspereza da pele, além de shampoos que são especialmente indicados para este tipo de tratamento.

Assim, o tratamento da psoríase no couro cabeludo pode ser feito com betametasona com ácido salicílico em loção, ou calcipotriol dipropionato de betametasona em gel. Estes produtos devem ser aplicados nas regiões afetadas antes de deitar e devem atuar durante toda a noite, sendo retirados apenas de manhã.

Durante o banho deve-se aplicar o shampoo indicado pelo médico e ir esfregando cuidadosamente, e só depois lavar a cabeça com água para retirar completamente o produto.

Aplicar uma gaze embebida com vinagre de maçã diariamente pode ser útil para complementar o tratamento da psoríase no couro cabeludo. Tomar o chá de salsaparrilha e outros alimentos que purificam o fígado também pode auxiliar no controle da doença.

Além disso, o agrião é um excelente alimento para melhorar a aparência da pele, podendo ser consumido em pequenas quantidades diariamente, mas as gestantes devem evitar o seu consumo excessivo, consumindo apenas 1 vez por semana.

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: %Média%]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

4 comentários

  • […] áreas intumescidas, irritadas e dolorosas, dartros, furúnculo, panarício, queimaduras, psoríase, Eczema, escrófulas, abcesso, acne, dermatite, erisipela, exantema, leucorreia, pústulas e […]

  • […] Na medicina popular, é usada em forma de cataplasma para tratar pé-de-atleta, contusões, psoríase, inchaços e feridas. A Cúrcuma Longa é acrescentada em cosméticos, principalmente na […]

  • […] para cálculos biliares, resfriados comuns e gripes, HIV/AIDS, artrite reumatoide, tuberculose, psoríase, alergias, câncer cervical, fibromialgia, lúpus sistêmicos, asma, perda de cabelo, bronquite, […]

  • […] áreas intumescidas, irritadas e dolorosas, dartros, furúnculo, panarício, queimaduras, psoríase, Eczema, escrófulas, abcesso, acne, dermatite, erisipela, exantema, leucorreia, pústulas e […]

Deixe um comentário