Dicas de Saúde

Micose de Pele – O que é, Causas e Tratamentos

Micose de Pele micose

Micose de Pele – O que é, Causas e Tratamentos que muitos desconhecem. Além disso, a Micose de pele, em alguns casos chamadas de “tineas”, são infecções causadas por fungos que atingem a pele, as unhas e os cabelos. Os fungos estão em toda parte podendo ser encontrados no solo e em animais. Até mesmo na nossa pele existem fungos convivendo “pacificamente” conosco, sem causar doença.

A queratina, substância encontrada na superfície cutânea, unhas e cabelos, é o “alimento” para estes fungos. Quando encontram condições favoráveis ao seu crescimento, como: calor, umidade, baixa de imunidade ou uso de antibióticos sistêmicos por longo prazo (alteram o equilíbrio da pele), estes fungos se reproduzem e passam então a causar a doença.

Micose de PeleCausas da Micose de Pele: A micose de pele costumam aparecer na pele e podem acometer diversas regiões. No caso da impingem atinge a pele em geral, sem ter um local mais específico de desenvolvimento. Por este motivo é também muitas vezes chamada de “tinea” do corpo. As infecções que são causadas por fungos recebem o nome de micose de . São agressões bem diferentes das causadas por vírus ou bactérias.

A micose de pele são contagiosas. Além disto, muitos fungos já estão constantemente em contato conosco, vivendo até mesmo junto ao organismo em perfeita harmonia. Quando estes encontram locais cheios de comida, por exemplo, a queratina, quentes, úmidos e com baixa imunidade multiplicam-se descontroladamente dando origem a quadros de micose de pele.

Pitiríase versicolor: apresenta-se clinicamente como manchas brancas, descamativas, que podem estar agrupadas ou isoladas. Normalmente surgem na parte superior dos braços, tronco, pescoço e rosto. Ocasionalmente, podem se apresentar como manchas escuras ou avermelhadas, daí o nome versicolor.

Tineas (tinhas): manifestam-se como manchas vermelhas de superfície escamosa, crescem de dentro para fora, com bordas bem delimitadas, apresentando pequenas bolhas e crostas. O principal sintoma é coceira.

Candidíase: pode se manifestar de diversas formas, como placas esbranquiçadas na mucosa oral, comum em recém-nascidos (“sapinho”); lesões fissuradas no canto da boca (queilite angular) mais comum no idoso; placas vermelhas e fissuras localizadas nas dobras naturais (inframamária, axilar e inguinal), ou envolver a região genital feminina (vaginite) ou masculina (balanite), provocando coceira, manchas vermelhas e secreção vaginal esbranquiçada.

Onicomicoses: geralmente a unha se descola do leito e se torna mais espessa. Pode também haver mudança na coloração e na forma.

Sintomas da Micose: A micose de pele se caracteriza pelo surgimento de manchas brancas ou vermelhas que causam coceiras, tem a borda da lesão mais evidente e às vezes crostosa. Manifestam-se mais frequentemente em áreas de dobras (como axilas, virilhas, entre os dedos das mãos e pés), mas que também podem ocorrer em qualquer outra área do corpo. Quando acometem áreas entre os dedos, podem ocorre dor e fissuras.

Causas da Micose de PeleTratamentos: Cada paciente é tratado pelo dermatologista de acordo com a severidade e localização da doença, pelo clima e desejo do paciente. Os tratamentos podem incluir:

  • Utilização de tópicos (xampus, sabonetes, cremes ou loções) que podem conter sulfeto de selênio, cetoconazol, piritionato de zinco.
  • Ingerir medicações orais incluindo cetoconazol, itraconazol, fluconazol e terbinafina.
  • Elas possuem efeitos colaterais e devem ser prescritas sob orientação de um dermatologista.
  • Medicações higienizadoras 1 a 2 vezes ao mês, especialmente, durante o verão ou épocas úmidas do ano podem ser recomendados para que não haja a recorrência da micose de Pele.
  • É importante lembrar que o fungo é fácil de tratar. A micose de pele pode deixar manchas residuais que levam semanas a meses para desaparecer.
  • O dermatologista é um médico especializado para tratar condições cutâneas médicas, cirúrgicas ou cosméticas da pele, unhas e cabelo.
Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: %Média%]

Técnico em informática, Cursando Sistema em informação, hábil em seo, estrutura de dados, e apaixonado por musculação, boa alimentação e bem estar. Buscando sempre informação de forma segura com profissionais qualificados no assunto.

2 comentários

  • […] da arvore, açafrão, mirra e goldenseal, e gel de aloe vera na área afetada pode ajudar a tratar micose do couro […]

  • […] da arvore, açafrão, mirra e goldenseal, e gel de aloe vera na área afetada pode ajudar a tratar micose do couro […]

Deixe um comentário