Peito

Cruzamento de cabos (Crossover)

cruzamento de cabos Crossover

Execução
1 – Na posição em pé, segure os pegadores presos às polias altas de um aparelho de cabos.
2 – Tracione simultaneamente para baixo os pegadores, até que as mãos se toquem a frente da cintura; mantenha os cotovelos ligeiramente dobrados.
3 – Lentamente, retorne à posição inicial com as mãos no nível dos ombros.

Músculos envolvidos
Primário: Peitoral maior inferior (cabeça esternal)
Secundários: Deltóide anterior, tríceps

Enfoque anatômico

cruzamento-de-cabos- (Crossover)Trajetória : O torso deve ficar ereto ou ligeiramente inclinado para frente. O ponto de encontro das mãos determina o enfoque do músculos. Uma trajetória baixa, em que os pegadores se encontram à frente dos quadris ou da cintura, mobiliza as fibras mais inferior do músculo peitoral. Uma trajetória alta, em que os pegadores se encontram no nível do tórax, mobiliza a seção média dos peitorais.

cruzamento-de-cabos- (Crossover) 2Amplitude de movimento : O cruzamento (Crossover) das mãos na parte mais baixa do exercício aumenta a amplitude de movimento e mobiliza a parte central interna dos peitorais. A extensão da posição inicial (permitindo que as mãos avancem até um plano acima dos ombros ou até a altura da cabeça) possibilita maior alongamento, mas também implica esforço desnecessário na articulação do ombro.

Variação
Cruzamento de cabos, sentado: Os aparelhos mais modernos permitem a execução desse exercício na posição sentada, com um apoio para as costas.

Imagens e explicações retiradas do livro Boydbuilding Anatomy, de Nick Evans.

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: %Média%]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

3 comentários

  • parabéns a página! é uma das melhores que já vi…

  • […] você faz crucifixo no Crossover, cruze as mãos uma sobre a outra. Tenta passar da metade do peito em todo exercício unilateral […]

Deixe um comentário